quarta-feira, novembro 26, 2014

Ofensiva contra a Petrobras vai se intensificar, pois a disputa de longo prazo é pelo pré-sal

pre-sal1
O buraco é bem mais embaixo: 7000 metros de profundidade
Desgaste à Petrobras esconde intenção de privatizar estatal e o pré-sal
Integrante do MAB fala da articulação entre setores internos e empresas estadunidenses. Objetivo seria criar condições políticas para que se inicie processo de privatização e entrega das reservas de petróleo.
A crise internacional do petróleo deve intensificar a ofensiva externa para que o Brasil privatize a Petrobrás e o pré-sal.
Segundo Gilberto Cervinski, integrante do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), desgastar a imagem da estatal é uma forma de criar condições políticas para que isso ocorra.
A Petrobras é alvo de investigações da Polícia Federal, que apura esquema de corrupção envolvendo políticos e donos de empreiteiras.
Os desdobramentos levaram a prisão de mais de vinte pessoas.
Cervinski destaca a posição estratégica ocupada pelo país quando o assunto é a questão energética.
Ele alerta para a necessidade de as forças populares defenderem a empresa, que é essencial para a garantia do desenvolvimento do país.
“O ataque ao Brasil para privatizar a Petrobras e privatizar o pré-sal vai se intensificar. Nos Estados Unidosas reservas de petróleo são baixíssimas e é o maior consumidor mundial. E ele praticamente está fora do controle do pré-sal. Uma parcela dos setores da sociedade articulada com as empresas estadunidenses vai querer forçar a entrega do petróleo e a privatização da Petrobrás.”
Recente pesquisa do Ibope divulgada em setembro, mostrava que 59% dos brasileiros são contrários à privatização da Petrobras. O percentual aumenta entre os que têm ensino superior, chegando a 70%.
Em recente nota, a Federação Única dos Petroleiros (FUP) apontou que as denúncias de corrupção na Petrobrás estão diretamente relacionadas com o intenso processo de terceirização em curso na estatal. Segundo a FUP, isso ocorre desde os anos 90.
De São Paulo, da Radioagência BdF, Leonardo Ferreira.
*****
Nota da FUP a que se refere a reportagem acima:
A prisão nesta sexta-feira, 14, de mais um ex-diretor da Petrobrás, acusado de corrupção em contratos de prestação de serviços firmados pela empresa, reforça as cobranças da Federação Única dos Petroleiros (FUP) de que haja a mais rigorosa apuração dos fatos e punição exemplar de todos os que forem responsabilizados pelos mal feitos.
Esta tem sido a postura da FUP desde o início da divulgação destas denúncias. No entanto, apesar da gravidade dos fatos, a direção da Petrobrás segue num silêncio profundo.
Os trabalhadores e suas famílias exigem um posicionamento da empresa.
Por isso, a FUP cobrou uma audiência com a presidenta da Petrobrás para que esclareça o teor das denúncias, bem como as medidas tomadas pela empresa para apuração e solução dos desvios de gestão que forem comprovados.
Não deve ficar pedra sobre pedra, como reiterou a presidenta Dilma Rousseff.
A reunião com Graça Foster será no próximo dia 21.
Em documento enviado à presidenta da Petrobrás, a FUP já havia ressaltado que as denúncias de corrupção estão diretamente relacionadas com o intenso processo de terceirização em curso na estatal desde os anos 90.
A Petrobrás tem um papel estratégico para o desenvolvimento do país e, portanto, todas as denúncias de desvios de gestão devem ser rigorosamente apuradas pelos órgãos competentes para que a Justiça possa julgar e punir os culpados.
O que não admitimos é que a empresa continue sendo desmoralizada por setores da sociedade que sempre tentaram enfraquece-la e seguem fazendo de tudo para se apropriarem de uma das maiores riquezas da nossa nação, que é o pré-sal.
Não aceitamos também que a Petrobrás continue sendo alvo de uma campanha de criminalização por setores da mídia que agem em consonância com a oposição para tentar arquitetar um golpe que vem sendo ensaiado desde o segundo turno da eleição presidencial.
A Petrobrás é patrimônio do povo brasileiro e os petroleiros continuarão lutando para que ela seja fortalecida cada vez mais para investir no Brasil, gerando empregos e riquezas para o nosso país.
Apuração rigorosa dos fatos sim. Golpe não!
PS do Viomundo: O jornal O Globo, porta-voz estadunidense em terras brasileiras, já quebrou o tabu e disse que não se deve descartar a privatização da Petrobras. Como se sabe, esta é uma batalha de longo prazo, com torpedos diários da mídia corporativa para solapar as bases de uma Petrobras que sirva acima de tudo aos interesses do povo brasileiro. Em nome do controle da PDVSA, lembrem-se, os Estados Unidos apoiaram um locaute empresarial que quase derrubou o então presidente da Venezuela, Hugo Chávez.
Matéria Viomundo. 

Atenção: Vagas de empregos oferecidas pelo SINEBAHIA disponíveis para quinta-feira dia 27 de novembro de 2014.

Estagiário de Comunicação
·         Formação: Ensino Superior Incompleto
·         1 Vaga

Oficial de Serviços Gerais
(Vaga Exclusiva para PCD)
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         7 vagas

Servente de Limpeza
(Vaga Exclusiva para PCD)
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         2 vagas

Cobrador de Transporte Coletivo
(Vaga Exclusiva para PCD)
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         2 vagas

Garçom
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         6 meses de experiência
·         2 Vagas

Recepcionista de Hotel
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         3 meses de experiência
·         3 Vagas

Auxiliar de Cozinha
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         6 meses de experiência
·         2 Vagas

Cozinheiro de Restaurante
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         6 meses de experiência
·         2 Vagas

Cozinheiro em Geral
·         6 meses de experiência
·         1 Vagas

Motorista de Ônibus Urbano
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         6 meses de experiência
·         5 Vagas

Mecânico de Manutenção de Ônibus
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         6 meses de experiência
·         2 Vagas

Vendedor Interno
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         6 meses de experiência
·         7 Vagas



Empregado Doméstico nos Serviços Gerais
·         Formação: Ensino Fundamental Incompleto
·         6 meses de experiência
·         2 Vagas

Pedreiro
·         Formação: Ensino Fundamental Incompleto
·         3 meses de experiência
·         1 Vaga

Atendente de Balcão
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         6 meses de experiência
·         21 Vagas

Operador de Caixa
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         6 meses de experiência
·         9 Vagas

Padeiro
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         6 meses de experiência
·         2 Vagas

Serviços Gerais
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         3 meses de experiência
·         10 Vagas





Interessados devem se dirigir a unidade do SineBahia no SAC sala 14, situada à Rua Eustáquio Bastos, 308 Centro Ilhéus.
Imprescindível portar CTPS, RG, CPF


Érico Fontes
Coordenador do SineBahia
Fone (73) 3634-9294 / 9288 / 8101-5933 / 9908-9944

ONU adota resolução de Brasil e Alemanha sobre direito à privacidade na era digital

ONU adota resolução de Brasil e Alemanha sobre direito à privacidade na era digital
Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil
A 3ª Comissão da Assembleia Geral das Nações Unidas adotou, por consenso, nessa terça-feira (25) o projeto de resolução O Direito à Privacidade na Era Digital, apresentado por Brasil e Alemanha. Segundo o Itamaraty, a resolução contou com o copatrocínio de 64 países. Segundo a Agência Brasil, a proposta conjunta do Brasil e da Alemanha sobre privacidade na internet é uma resposta às denúncias de espionagem internacional praticada pelos Estados Unidos em meios eletrônicos e digitais. O documento tem novos pontos em relação ao texto aprovado no ano passado na Assembleia, como a inclusão de metadados para reforçar a segurança das informações pessoais online, e reafirma a responsabilidade das empresas privadas de respeito aos direitos humanos quando lidarem com informações pessoais. A resolução também visa proteger vítimas que tenha sua privacidade online invadida por medidas de vigilância ilegais ou arbitrárias. “O documento agora aprovado reitera a necessidade de proteção ao direito à privacidade no contexto da vigilância e da coleta de dados das comunicações digitais e conclama o Conselho de Direitos Humanos a considerar o estabelecimento de procedimento especial com mandato para examinar o assunto e propor princípios e normas para orientar a comunidade internacional”, disse, em nota, o Itamaraty.

LAVA JATO: JANOT PEDIRÁ INQUÉRITO CONTRA POLÍTICOS

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pedirá a abertura de inquérito contra as pessoas citadas como envolvidas em esquema de corrupção em contratos da Petrobras, investigado pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal.

As investigações devem começar nos próximos dias, uma vez que os depoimentos à Justiça do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e do doleiro Alberto Youssef, em acordo de delação premiada, foram concluídos – o de Youssef nesta terça-feira.

O procurador considera que as informações relatadas por Costa e Youssef são suficientes para que sejam iniciadas as investigações sobre o esquema entre funcionários, empreiteiras e políticos na estatal do petróleo.

Novos acordos de delação premiada podem ser acertados com a Justiça, como é o caso de funcionários e executivos de empreiteiras, que estão sob prisão preventiva em Curitiba. Nesse caso, serão abertos novos inquéritos.

O processo corre sob segredo de Justiça, mas como foi praxe até o momento, os nomes dos investigados podem vazar a qualquer momento. E Brasília aguarda com apreensão. 247.

terça-feira, novembro 25, 2014

Ilhéus: panelaço lembra combate à violência contra a mulher

Ilhéus: panelaço lembra combate à violência contra a mulher
Foto: Flicrk/ Aracelota
Uma ação voltada para chamar a atenção do cidadão sobre a importância do combate à violência contra a mulher acontecerá em Ilhéus, nesta quarta-feira (26). O Serviço de Proteção e Atendimento Especializado à Família e Indivíduos do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas-Peafi) e o Centro de Referência em Assistência Social (Cras) promovem um Panelaço nos bairros do Banco da Vitória e da Barra e no semáforo do cruzamento entre as avenidas Itabuna e Conselheiro Antônio Francisco Badaró, no período das 10 às 11 horas. Participam da ação, usuários dos programas, funcionários e membros da comunidade. Segundo a coordenadora do Creas-Peafi, Quedima Souza, o objetivo da ação é incentivar a população a denunciar casos de agressão bem como chamar a atenção para os dispositivos de proteção à mulher, como a Lei Maria da Penha. Do BN.

QUER TRABALHAR? VAGAS DE EMPREGOS ABERTA AQUI!

Relação de vagas oferecidas pelo SINEBAHIA disponíveis para Terça-feira dia 26 de novembro de 2014. 


Estagiário de Comunicação
·         Formação: Ensino Superior Incompleto
·         1 Vaga

Oficial de Serviços Gerais
(Vaga Exclusiva para PCD)
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         7 vagas

Servente de Limpeza
(Vaga Exclusiva para PCD)
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         2 vagas

Cobrador de Transporte Coletivo
(Vaga Exclusiva para PCD)
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         2 vagas

Serviços Gerais
·         6 meses de experiência
·         1 Vaga

Garçom
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         6 meses de experiência
·         5 Vagas

Recepcionista de Hotel
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         3 meses de experiência
·         3 Vagas

Auxiliar de Cozinha
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         6 meses de experiência
·         2 Vagas

Carpinteiro
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         6 meses de experiência
·         1 Vaga

Cozinheiro de Restaurante
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         6 meses de experiência
·         2 Vagas

Cozinheiro em Geral
·         6 meses de experiência
·         1 Vagas

Motorista de Ônibus Urbano
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         6 meses de experiência
·         5 Vagas




Mecânico de Manutenção de Ônibus
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         6 meses de experiência
·         2 Vagas

Vendedor Interno
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         6 meses de experiência
·         7 Vagas

Empregado Doméstico nos Serviços Gerais
·         Formação: Ensino Fundamental Incompleto
·         6 meses de experiência
·         1 Vaga

Pedreiro
·         Formação: Ensino Fundamental Incompleto
·         3 meses de experiência
·         1 Vaga


Interessados devem se dirigir a unidade do SineBahia no SAC sala 14, situada à Rua Eustáquio Bastos, 308 Centro Ilhéus.
Imprescindível portar CTPS, RG, CPF


Érico Fontes
Coordenador do SineBahia
Fone (73) 3634-9294 / 9288 / 8101-5933 / 9908-9944

“TRENSALÃO” E “PETROLÃO”: DUAS HISTÓRIAS SUÍÇAS




As autoridades financeiras e judiciais da Suíça estão prestes a descobrir que o Ministério Público brasileiro (ou, pelo menos, parte dele) tem lado.

Um ano atrás, cansados de esperar pela colaboração do Ministério Público, os suíços decidiram arquivar parte do caso Alstom, que apurava um esquema de propinas pagas pela multinacional francesa a funcionários públicos e políticos do PSDB (relembre aqui).

Era um caso bastante semelhante ao hoje investigado na Operação Lava Jato. Havia lobistas, como João Amaro Pinto Ramos, servidores públicos, como João Roberto Zaniboni, e arrecadadores de campanha, como o grão-tucano Andrea Matarazzo. A Alstom era acusada de comandar um cartel na venda de equipamentos ferroviários e do setor elétrico.

A investigação sobre o chamado "trensalão tucano", no entanto, parou no tempo porque o procurador Rodrigo de Grandis engavetou, durante dois anos, o pedido de cooperação formulado pelas autoridades suíças, atribuindo a demora a uma "falha administrativa".

Operação Apocalipse

Um ano depois, a situação se inverte. Agora, são dois procuradores brasileiros que irão à Suíça, mais precisamente a Berna, para desvendar a origem dos depósitos nas contas de Paulo Roberto Costa.

Como o próprio ex-diretor da Petrobras já declarou ter sido pago pela Odebrecht e se dispôs a devolver os recursos, o caso será relativamente simples (leia maisaqui).

No entanto, chama a atenção a diferença de abordagem do Ministério Público nos dois casos. Quando o alvo era o PSDB, a Suíça cobrou providências do Brasil, que engavetou o caso. Agora, quando o PT está na mira, o MP cumpre seu papel, faz a coisa certa e pede cooperação internacional. 247.

A “Jet Wash Operation” dos EUA: a corrupção que não se publica aqui

JETWASH
Outro dia, em sua coluna, Merval Pereira sugeria como remédio para a corrupção a abertura do mercado brasileiro (que já é aberto, claro) para as empreiteiras norte-americanas.
E ontem, o Globo deu manchete para um comentário que, apesar degenérico, foi apresentado como uma ameaça de punição à Petrobras feita pela procuradora-geral assistente do Departamento de Justiça dos EUA, Leslie Caldwell, durante uma apresentação na semana passada.
Abstraindo-se o fato de que a Petrobras, como qualquer companhia que negocie ações na Bolsa de Nova York, está sujeita aos controles financeirosdaquele país, é curioso ficar sabendo que a entrevista da procuradora norte-americana é sobre a corrupção praticada pelas empresas dos EUA emoutros países, como ficamos sabendo pela reportagem do correspondente da Carta Capital nos Estados Unidos, Eduardo Graça.
Mais especificamente, sobre os US$ 31 bilhões desviados dos cofres públicos que estão sendo investigados em 237 processos de fraude e malversaçãopraticados em conluio com o “complexo industrial-militar”, desde negócios na Guerra do Iraque, boa parte com empreiteiras contratadas para serviços de engenharia, até maracutaias na manutenção dos helicópteros que transportam Barack Obama.
Evidente que não há justificativa para roubar dinheiro público, seja em reais ou em dólares.
Mas é bom vermos, para que se evite a hipocrisia e o “complexo de vira-latas” que corrupção é própria (e imprópria) de um qualquer sistema de contratos públicos, em toda a parte do mundo.
O que não é possível é que, aqui, fiquem impunes, exceto quando turbinados por razões políticas.
Ou você lembra de algum que tenha dado condenação, afora o chamado “mensalão”?
Texto Tijolaço.