quarta-feira, abril 19, 2017

SUPERINTENDÊNCIA DE MEIO AMBIENTE EMBARGA TEMPORARIAMENTE A USINA ASFÁLTICA

Resíduos da fabricação do asfalto dispensado em cova no solo. Imagens: SEPLANDES.
Resíduos da fabricação do asfalto dispensado em cova no solo. Imagens: SEPLANDES.

Ontem (18), a Superintendência de Meio Ambiente de Ilhéus, órgão da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável (SEPLANDES), embargou provisoriamente a usina asfáltica do município. A CMA Comercial LTDA, empresa responsável pela operação do equipamento, foi notificada.

O embargo ocorreu após denúncia do advogado Vinícius Briglia, que é membro do Conselho de Defesa do Meio Ambiente de Ilhéus (CONDEMA). Ele representa o Sindicato Rural de Ilhéus e denunciou o caso no último dia 10.

Em 2016, pelos serviços prestados ao município, a CMA recebeu pagamentos que somam três milhões e quatrocentos mil reais (R$ 3.400.000). Apesar desse valor, operava sem licenciamento ambiental.

Em 2016 a CMA faturou 3,4 milhões de reais com a operação da usina.
Em 2016 a CMA faturou 3,4 milhões de reais com a operação da usina.

Conforme a superintendência, a decisão encontra respaldo no Código Ambiental do Município, decreto 113/2012. Conforme o artigo 238, deve haver embargo temporário quando o empreendimento não tiver licença ambiental.

No dia 10 de abril, vistoria de fiscalização do município constatou que a empresa poluiu o solo com resíduos da fabricação do asfalto. Esse material é conhecido como lodo de CAP (cimento asfalto de petróleo). Além disso, a empresa não deu destino correto aos recipientes de óleos.

Óleo mal armazenado escorre no chão.
Óleo mal armazenado escorre no chão.

A vistoria também verificou a poluição de águas superficiais e a contaminação irreversível do solo, maior dano ambiental registrado na área.

O Ministério Público do Estado da Bahia tomou conhecimento do caso, e o IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais) esteve no local na última quinta-feira (13). O órgão federal aplicou multas diárias na CMA.

Havia a possibilidade de contaminação do lençol freático, que só ocorre em longo prazo. No entanto, a superintendência foi obrigada a agir para evitar o mal maior. Além dos prejuízos ambientais, a descontaminação de um lençol freático tem custo financeiro altíssimo.

Embargo é respaldado pelo Código de Meio Ambiente de Ilhéus.
Embargo é respaldado pelo Código de Meio Ambiente de Ilhéus.

Também é importante enfatizar que a área em questão fica próxima do manancial do Iguape. Eventual contaminação do lençol freático poderia gerar prejuízos imensuráveis nesse manancial.

Ainda de acordo com a superintendência, a equipe de fiscalização compreende a importância da usina asfáltica. Com o custeio da sua operação, a prefeitura garante serviços fundamentais para a cidade. Por outro lado, danos ambientais irreversíveis devem ser coibidos. 

Lodo de CAP (cimento asfalto de petróleo).
Lodo de CAP (cimento asfalto de petróleo).

O órgão se colocou à disposição da CMA para a elaboração  de termo de ajuste de conduta. Segundo a superintendência, nesse possível e desejável acordo, a empresa deverá se comprometer a parar de poluir o meio ambiente e a se adequar à legislação ambiental. Assim que o compromisso for firmado, poderá retomar a operação da usina. Matéria do blog do Gusmão.

Com 16 mandados, PF desarticula quadrilha que aplicava fraudes no seguro-desemprego

Com 16 mandados, PF desarticula quadrilha que aplicava fraudes no seguro-desemprego
Foto: Polícia Federal
Em outra operação deflagrada pela Polícia Federal (PF) na manhã desta quarta-feira (19), cerca de 60 agentes cumpriram 16 mandados judiciais com o objetivo de desarticular uma organização criminosa especializada em fraudes no seguro-desemprego. A investigação sugere que a quadrilha desviou mais de R$ 3 milhões em benefícios. No total, são oito mandado de prisão preventiva, dois de condução coercitiva e seis de busca e apreensão nos municípios de Anápolis e Caldas Novas, em Goiás, Nova Lima, em Minas Gerais, São Félix do Araguaia, no Mato Grosso, e Redenção, no Pará. De acordo com a PF, os crimes "contavam com a colaboração de prepostos do Ministério do Trabalho e agentes públicos cooptados pelo grupo criminoso para alterarem os endereços dos verdadeiros beneficiários, a fim de desviar cartões". A investigação aponta que os integrantes da quadrilha usavam esses cartões para sacar o dinheiro das vítimas em agências lotéricas. Do BN.

Juazeiro: Adolescente desaparece e família desconfia de jogo da 'Baleia Azul'

Juazeiro: Adolescente desaparece e família desconfia de jogo da 'Baleia Azul'
Foto: Reprodução / Blasting News

Uma adolescente de Juazeiro, no Sertão do São Francisco, está desaparecida desde esta segunda-feira (17). Familiares de Ana Vitória Sena de Oliveira, de 15 anos, suspeitam que a garota tenha sido vítima do jogo “Baleia Azul”. A competição sugere desafios aos participantes, o que pode desembocar em suicídio. Duas mortes foram atribuídas ao jogo, uma em Mato Grosso e outra na Paraíba. Segundo o G1, parentes perceberam o desaparecimento e encontraram uma carta de despedida. Na carta, a garota pede desculpas e fala em se jogar da ponte que liga Juazeiro a Petrolina. A irmã da vítima ainda conta que no celular da garota desaparecida havia mensagens do jogo. Ainda segundo o site, a mãe da adolescente está em estado de choque. O caso ainda não foi registrado na Polícia Civil. Matéria do Bahia Notícias.

quarta-feira, abril 12, 2017

LÍDER DO GOLPE, AÉCIO É SUSPEITO DE CORRUPÇÃO PASSIVA, ATIVA E LAVAGEM DE DINHEIRO




Megadelatado, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) é alvo de cinco inquéritos com base nos depoimentos dos ex-executivos da Odebrecht; as irregularidades que o presidente nacional do PSDB teria cometido vão de caixa dois eleitoral até propina "pura", enquadrando o "Mineirinho" em crimes como corrupção passiva, ativa e lavagem de dinheiro; Aécio foi citado nos depoimentos do herdeiro da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, do ex-diretor da empreiteira em Minas Sérgio Luiz Neves, de Benedicto Júnior, ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura, do ex-vice presidente da Odebrecht S.A Henrique Serrano do Prado Valladares e de Cláudio Melo Filho, ex-diretor de Relações Institucionais do grupo em Brasília

Por Minas 247 - 

O ministro Edson Fachin autorizou a abertura de inquéritos contra seis senadores tucanos, com base nos depoimentos de delatores da Odebrecht. Presidente nacional do PSDB e candidato derrotado à Presidência em 2014, Aécio Neves (MG) é alvo de cinco dessas investigações por suposta solicitação de propinas e doações de caixa 2 à empreiteira.

As informações são de reportagem de Breno Pires e Fábio Fabrini no Estado de S.Paulo.

"Além de Aécio, também são alvos José Serra (SP), Antonio Anastasia (MG), Cássio Cunha Lima (PB), Ricardo Ferraço (ES) e Dalírio Beber (SC). Há também um pedido de investigação sobre o tucano Eduardo Amorim (SE) e a senadora Maria do Carmo Alves (DEM-SE), pendente de manifestação de Janot para que Fachin decida a respeito. O Estado teve acesso, com exclusividade, aos despachos de Fachin assinados eletronicamente no dia 4 de abril.

Aécio foi citado nos depoimentos do herdeiro da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, do ex-diretor da empreiteira em Minas Sérgio Luiz Neves, de Benedicto Júnior, ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura, do ex-vice presidente da Odebrecht S.A Henrique Serrano do Prado Valladares e de Cláudio Melo Filho, ex-diretor de Relações Institucionais do grupo em Brasília.

Num dos pedidos, o procurador requereu investigação sobre Aécio e Anastasia, seu aliado, por suspeita de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Os colaboradores revelaram que, em 2010, a pedido de Aécio, pagaram R$ 5,4 milhões em “vantagens indevidas” para a campanha de Anastasia ao governo de Minas.

Os delatores contaram ainda que, também por solicitação de Aécio, quando ainda era governador, desembolsaram em 2009 R$ 1,8 milhão para a campanha de Anastasia.

No documento enviado ao Supremo, Janot também requer investigação sobre Oswaldo Borges, ex-presidente da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig), estatal responsável pela construção da Cidade Administrativa, e Paulo Vasconcelos, marqueteiro responsável pelas campanhas dos tucanos mineiros."

segunda-feira, abril 10, 2017

Ariadne é Eleita Presidente do PT em Ilhéus

Jerberson Josue , Ariadne e Kaique Souza
Jerberson Josue , Ariadne e Kaique Souza


A professora Carmelita Ângela mantém a hegemonia do Partido dos Trabalhadores em Ilhéus. A candidata apoiada por ela, a servidora pública Ariadne Pitanga foi eleita hoje a nova presidente do diretório municipal com 69 por cento dos votos. Ela derrotou o professor Josué Cândido da Silva.

Foram às urnas 353 filiados. Com este resultado, o comando do partido continua com a tendência Construindo um Novo Brasil (CNB) mas com 31 por cento das vagas no diretório para a tendência Esquerda Popular Socialista (EPS), liderada em Ilhéus pelo vereador Makrisi Angeli.

A nova presidente do PT concedeu dias atrás uma entrevista exclusiva ao Jornal Bahia Online. Para reler, clique aqui.

Estadual – Para o diretório estadual do PT, Ilhéus deu 58 por cento dos votos para a reeleição do presidente Everaldo Anunciação. A ex-prefeita de Uruçuca, Fernanda Silva, obteve 29 por cento dos votos e o deputado federal Waldenor Pereira, da corrente Muda PT, regstrou 12 por cento dos votos válidos. Informações do site Ilhéus Notícias.