TV O Defensor

Rádio O Defensor

Free Shoutcast HostingRadio Stream Hosting

segunda-feira, setembro 22, 2014

VAGAS DE EMPREGO PARA ESTA SEGUNDA DIA 22 NO SINEBAHIA!

Relação de vagas oferecidas pelo SINEBAHIA disponíveis para segunda-feira dia 22 de setembro de 2014.
              


Cozinheiro de Restaurante
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         6 meses de experiência
·         2 vagas

Trabalhador Rural
·         Formação: Ensino Fundamental Incompleto
·         6 meses de experiência
·         1 vaga

Empregada Doméstica
·         Formação: Ensino Fundamental Incompleto
·         6 meses de experiência
·         1 vagas

Garçom
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         6 meses de experiência
·         4 vagas

Chefe de Fila (Hotelaria)
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         6 meses de experiência
·         1 vagas

Serviços Gerais
(Vaga Exclusiva para PCD)
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         6 meses de experiência
·         1 vagas

Serralheiro
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         6 meses de experiência
·         1 vagas

Vendedor Pracista
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         6 meses de experiência
·         2 vagas

Vendedor Pracista
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         6 meses de experiência
·         10 vagas

Manicure
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         6 meses de experiência
·         3 vagas

Cabeleireiro
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         6 meses de experiência
·         2 vagas



Depilador
·         4 meses de experiência
·         1 vagas

Mecânico de Bombas
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         6 meses de experiência
·         1 vagas

Pedreiro
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         6 meses de experiência
·         2 vagas

Pintor
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         6 meses de experiência
·         1 vagas

Servente de Obras
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         6 meses de experiência
·         1 vagas

Técnico de Edificação
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         6 meses de experiência
·         1 vagas

Vidraceiro
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         6 meses de experiência
·         1 vagas

Marceneiro
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         6 meses de experiência
·         1 vagas

Encanador de Manutenção
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         6 meses de experiência
·         1 vagas

Eletricista
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         6 meses de experiência
·         2 vagas

Tratorista
·         Formação: Ensino Fundamental Completo
·         6 meses de experiência
·         1 vagas

Jardineiro
·         Formação: Ensino Fundamental Incompleto
·         6 meses de experiência
·         1 vagas

Recepcionista Bilíngüe
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         6 meses de experiência
·         2 vagas




Vendedora
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         6 meses de experiência
·         1 vagas

Costureira
·         Formação: Ensino Fundamental Incompleto
·         6 meses de experiência
·         1 vagas

Promotor de Vendas
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         6 meses de experiência
·         5 vagas

Operador de Caixa
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         6 meses de experiência
·         1 vagas

Consultor de Vendas
·         Formação: Ensino Superior Incompleto
·         6 meses de experiência
·         2 vagas

Agente de Reservas
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         6 meses de experiência
·         1 vagas

Almoxarife
·         Formação: Ensino Médio Completo
·         6 meses de experiência
·         1 vagas

Interessados devem se dirigir a unidade do SineBahia no SAC sala 14, situada à Rua Eustáquio Bastos, 308 Centro Ilhéus.
Imprescindível portar CTPS, RG, CPF


Érico Fontes
Coordenador do SineBahia
Fone (73) 3634-9294 / 9288 / 8101-5933 / 9908-9944

O povo de Uruçuca abriu as portas para receber Cosme Araújo


Uma grande carreata tomou conta da cidade de Uruçuca, na manhã deste sábado (20), seguindo o candidato a Deputado Estadual Cosme Araújo. O maior ato que o município já viu, mostrando força na candidatura do pedetista, que além de estar preparado para representar os baianos, expressa o verdadeiro sentido da mudança que a população almeja nos próximos 04 anos.
Uma quantidade expressiva de veículos, entre carros e motos, percorreram as principais ruas e avenidas da cidade, e com gritos de incentivo e acenos, Cosme Araújo foi recebido com festa pelos uruçuquenses, que abriram suas portas, e de forma espontânea, demonstraram simpatia e apoio na certeza da vitória em 05 de outubro.
O candidato estava acompanhado de três importantes lideranças do município, o ex-vereador Buba, Katita e Bicudo. Cosme Araújo destacou que “a alegria e satisfação encontrada nas ruas é um reflexo nítido da aceitação de sua candidatura, que vem crescendo todos os dias, principalmente no interior baiano, onde tenho andado diariamente e acompanhado as necessidades do nosso povo”, pontuou
Ainda no seu discurso, Cosme Araújo elevou o tom ao lembrar aos eleitores acerca da importância dos votos para os candidatos da região, que tenham compromisso e projetos sólidos, garantindo melhorias na qualidade de vida, com educação de qualidade, mais humanização na saúde e mais segurança aos cidadãos. “Sendo eleito, uma das prioridades que terei na Assembleia Legislativa da Bahia é solicitar do próximo governador (a) a pavimentação asfáltica da estrada que dá acesso a zona rural de Uruçuca, que está em situação caótica, e disponibilizar linhas de ônibus para facilitar no direito de ir e vir com dignidade dos produtores rurais”, arrematou. Texto: Fábio Roberto – DRT/BA 6355
Confira outras imagens clicando em mais informações. 

‘Dilma é favorita; Aécio pode ir ao 2º turno’

O presidente do Data Popular, Renato Meirelles, avalia que Dilma Rousseff (PT) é a favorita para ganhar aeleição presidencial e que Aécio Neves (PSDB) ainda tem chance de chegar ao segundo turno.

Em entrevista ao SBT, Meirelles afirmou que o segundo turno ainda está “bastante embolado”. Apesar detodas pesquisas indicarem que a petista enfrentará Marina Silva (PSB), ele acredita ser cedo para descartar a presença de Aécio na segunda etapa.

“Muita coisa pode acontecer até o dia 5 de outubro, seja por um processo de esvaziamento da candidatura da Marina Silva, seja pelo senador Aécio Neves conseguir colar nas forças estaduais. Do ponto de vista de máquina partidária, de grandes candidaturas nos Estados, o Aécio tem muito para crescer.”

Na avaliação do presidente do Data Popular, o desafio de Dilma nesta eleição é “renovar o sonho do brasileiro”. A candidata representa, segundo Meirelles, um projeto que efetivamente mudou a vida de milhões de pessoas, mas não conseguiu construir um “lastro emocional” como o ex-presidente Lula. Para ele, isso ocorre por que a candidata do PT é “muito direta, muito dura”. Teria menos “tempo histórico eleitoral” do que Lula.

Já o desafio da oposição seria, na visão de Meirelles, apresentar-se como uma “alternativa segura” ao governo. “Não basta ser contra o que está aí. Se ela se mostra como a outra face da mesma moeda; ou seja, como só um político que está brigando por outro cargo e não para melhorar a vida real das pessoas, o eleitorado tem dificuldade de acreditar nesse projeto.”

*

PINGUE-PONGUE 
com

Renato Meirelles



Dilma Rousseff, do PT: É uma mulher de fibra.

Marina Silva, do PSB: É uma mulher de superação.

Aécio Neves, do PSDB: É um bom gestor.

Pastor Everaldo, do PSC: Fala para poucos.

Eduardo Jorge, do PV: É o verdadeiro sonhático nos dias de hoje.

Luciana Genro, do PSOL: É uma pessoa de ideologia.

Levy Fidelix, do PRTB: Estou tentando descobrir até agora.

Mauro Iasi, do PCB: É uma pessoa de ideologia como a Luciana.

Rui Costa Pimenta, do PCO: A mesma coisa.

José Maria Eymael, do PSDC: É um obstinado.

Veja a íntegra da “Entrevista da Semana”:

domingo, setembro 21, 2014

DONA DE ONG SOB INVESTIGAÇÃO DEIXA O PAÍS E SÓ RETORNA APÓS ELEIÇÕES


Dalva deu entrevista à Veja e sumiu do país (Reprodução).

O site da Rádio Metrópole, de Salvador, revela que a presidente da ONG Instituto Brasil,Dalva Sele Paiva, está fora do Brasil. Viajou para Barcelona, Espanha, em 4 de setembro.

A passagem foi comprada no dia 1º deste mês, após conceder entrevista à Veja e relatar um suposto esquema que teria desviado R$ 6 milhões de programas habitacionais na Bahia. A denúncia é de 2010. Mas, agora, Dalva adicionou um nome à lista dos denunciados, o do candidato a governador Rui Costa. Dalva será convocada para prestar depoimento ao Ministério Público baiano ainda nesta semana. O foco será a revelação feita à publicação da Editora Abril.

Diz o site da Rádio Metrópole: “Paiva, que passava por dificuldades financeiras, comprou passagem para Barcelona no dia 1º de setembro e viajou três dias depois, na quinta-feira (4)”.

Apesar de investigada, Dalva Sele Paiva ficará por mais de um mês fora do país. O retorno da viagem está previsto apenas para 11 de outubro, uma semana depois da eleição.

Se Dalva estava em dificuldades financeiras, como informa a Metrópole, quem bancou a viagem da dirigente da ONG?

EVERALDO APONTA RELAÇÕES DE DALVA COM PSDB E DEM

Ainda sobre a denúncia da presidente do instituto, o presidente do PT baiano, Everaldo Anunciação, diz que a denúncia de Dalva é, dentre outras coisas, inconsistente. A ONG, ao contrário do que ela diz, não foi criada no período petista (2007), reforça Everaldo.

O Instituto Brasil teve antes como seus clientes, no âmbito governamental, a Prefeitura de Salvador, em 2003, contratada pela gestão de Antônio Imbassahy (PSDB), e o governo baiano, em 2005, quando o então governador, Paulo Souto (DEM), contratou-0 para atuar na área habitacional na Secretaria de Combate à Pobreza.

Everaldo sustenta que “a raiva de Dalva” cresceu quando os pagamentos ao Instituto Brasil foram suspensos por causa de suspeitas de irregularidades. As acusações a petistas, principalmente a Rui Costa, candidato ao governo, seriam uma espécie de vingança. Dos seis pagamentos previstos, apenas dois ocorreram, conforme Everaldo. Do Pimenta.

Avião de candidata ao governo de MT desaparece




Janete Riva (PSD) não estava a bordo; pilotos estão sumidos desde a tarde de sábado

Candidata usou o Facebook para pedir ajuda nas buscas

A aeronave modelo King Air C90GTI, de 2006, prefixo ATY, de propriedade da candidata ao governo de Mato Grosso, Janete Riva (PSD), que desapareceu com o piloto Evandro Abreu, e o copiloto, Rodrigo, por volta das 13h30, deste sábado, 21, do aeroporto municipal de Pontes e Lacerda (483 km de Cuiabá) pode ter sido levada por traficantes para a Bolívia, segundo informações da Polícia Civil.

A candidata não estava no avião no momento do sequestro e aguardava para embarcar para a cidade de Vila Bela da Santíssima Trindade onde faria campanha com o candidato da coligação ao Senado, Ruy Prado.

O município de Pontes e Lacerda faz fronteira com a Bolívia e há suspeita de que o avião tenha sido levado para o país vizinho, conforme a Polícia Civil, que começou a investigar o crime. A região é considerada rota do tráfico de drogas e ainda segundo a polícia, este tipo de avião pode pousar em qualquer lugar, desde que a pista não seja muito curta.

A autonomia da aeronave permite que ela chegue até a cidade de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, onde há um posto de abastecimento. Os equipamentos de localização da aeronave foram desligados.

O delegado regional da cidade, Jose Emílio Gadioli, manteve contato com a polícia da Bolívia e uma equipe brasileira foi enviada ao país. Gadioli disse que não houve testemunhas da ação dos bandidos durante o roubo e sequestro do avião.

Segundo a assessoria da Polícia Civil, o Gefron (Grupo Especial de Fronteira) e a Polícia Militar, Polícia Federal foram mobilizados para investigar o paradeiro da aeronave.

Pilotos

Em entrevista coletiva neste domingo (22), Janete Riva disse que sua preocupação é unicamente com os dois pilotos.

— A aeronave tem seguro e não nos preocupa. O nosso sentimento é de dor pelos pilotos sequestrados. Conhecemos o Evandro há mais de 20 anos e o Rodrigo trabalha conosco há mais de um ano. O que conforta, neste momento é saber que nestes tipos de sequestros, os pilotos são liberados em média de três dias depois.

Os dois pilotos são da região de Juara, a 690 km de Cuiabá. O piloto Evandro Abreu tem dois filhos e o copiloto Rodrigo trabalha para a família há cerca de um ano e foi pai há 40 dias.

Ao longo deste fim de semana, a candidata cumpria agendas de campanha na região oeste do Estado. Pouco antes do ocorrido, a equipe da assessoria de comunicação que a acompanha decolou do mesmo aeroporto, em uma aeronave menor, seguindo para Vila Bela. Os candidatos seguiram por terra mas decidiram interromper a agenda para acompanhar o desfecho das investigações.

A candidata do PSD disse que manteve contato com um dos pilotos 15 minutos antes de chegar ao aeroporto para se preparar para decolar mas que ao chegar ao local a aeronave havia sumido. Ela tentou novo contato com os pilotos, mas o telefone não respondia mais.

Duas aeronaves

Em sua declaração de bens encaminhado à Justiça eleitoral a candidata declarou dentre outros bens uma aeronave modelo PA-31T2, Piper Aircraft, TPP, ano 1982. O avião que sumiu é modelo King Air modelo C90GTI, de 2006, prefixo ATY.

A candidata explicou que a aeronave roubada pertence à família Riva e foi adquirida por meio de leasing (financiamento semelhante a um aluguel, no qual o bem só passa a ser de propriedade do comprador após a quitação dos pagamentos) ela só será transferida para o nome de Janete após a quitação. O seguro do avião está em nome da empresa Floresta Viva, de propriedade da candidata.

Substituta

Janete Riva substituiu o marido José Riva (PSD) que teve seu registro de candidatura negado pela Justiça Eleitoral com base na lei da Ficha Limpa. Ela disputa com mais quatro candidatos: Jose Marcondes Muvuca (PHS), Lúdio Cabral (PT), Pedro Taques (PDT) e José Cavalcante (PSOL). O patrimônio declarado no Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso foi de R$ 4 milhões.
De Estadão.com

A denúncia do MP contra Paulo Roberto Costa e a mídia

PAULO-ROBERTO-PETROBRAS-100-montagem-size-598
A Polícia Federal faz um trabalho extraordinário de investigação, prende Paulo Roberto Costa, destrincha as complexas operações de envio de recursos para o exterior, mas a Globo e a Veja só pensam “naquilo”.
Só pensam nas eleições. Com isso, distorcem notícias graves.
Promovem vazamentos que invalidarão provas e impedirão a prisão de acusados.
Enfim, a mídia brasileira, na sua histeria partidária, faz uma espécie de investigação ao contrário. Ela acaba mais confundindo do que esclarecendo, mais prejudicando as autoridades do que ajudando.
Os corruptos, ao invés de serem tratados como tais, passam a ser tratados como herois, desde que façam o jogo da mídia e denunciem apenas aqueles que a mídia quer ver denunciados.
Se Costa delatasse os esquemas de que participou quando era diretor da Petrobrás no governo FHC, ouviríamos um grande brado em uníssimo, na mídia: é mentira! Esse homem é um bandido, repetiriam, indignados.
A revelação do esquema de Paulo Roberto Costa, junto à consultoria MO, pode ser a ponta de lança no combate à evasão de divisas, um dos maiores problemas do nosso país.
Segundo a ONG Tax 
Service
, a evasão de divisas no Brasil chega a mais de R$ 600 bilhões por ano, ou 14% do nosso PIB.

Agora sabemos que a própria Globo ajuda a engordar esse número, visto que usou, em apenas uma operação, para comprar os direitos de transmissão da Copa de 2002, do mesmo modus operandi que agora denuncia nas empresas do doleiro.
Entretanto, o pior que pode acontecer é a continuação do vazamentoseletivo, reforçado por reportagens que abordam apenas um lado.
Se alguém lesou a Petrobrás, que seja punido, como aliás já está sendo. E que se busque a repatriação do dinheiro desviado.
Mas que não se confunda as coisas. O fato de ter havido corrupção nas obras do Rodoanel e nos metrôs e trens paulistas, por exemplo, não invalida a sua importância. Aliás, as mesmas construtoras e empresas que prestaram serviço à Petrobrás, também prestaram ao governo deSão Paulo na construção do Rodoanel e na reforma do sistema de trem e metrô de SP.
Apenas a OAS, uma das empresas envolvidas com a consultoria MO, ligada ao doleiro, recebeu mais de R$ 5 bilhões dos contribuintes paulistas, para participar de obras do Rodoanel e reformar trilhos. O Cafezinho tem uma tabela com os contratos, vários deles considerados irregulares por órgãos de controle.
Ou seja, a lavagem de dinheiro que aí ocorreu não foi apenas de desvios da Petrobrás.
Alberto Youssef era o principal doleiro do Brasil e prestava serviços para várias empresas e governos.
Embora correndo o risco de parecer cínico, é preciso considerar que, a partir do momento em que a Petrobrás amplia seus investimentos de alguns bilhões para centenas de bilhões de reais ao ano, era inevitável que houvesse aumento da corrupção, ou da tentativa de corrupção.
Abandonada durante a era FHC, a Petrobrás na era Lula/Dilma passou a descobrir grandes quantidades de petróleo, a construir e comprar refinarias, a construir oleodutos, a diversificar suas matrizes de energia (investiu-se em eólica, biodiesel, etc), a comprar aqui mesmo no Brasil os seus navios e peças para plataforma.
Iniciou-se uma grande recuperação do quadro funcional da Petrobrás.
Pode-se dizer que a estatal renasceu sob Lula/Dilma.
Mas a Petrobrás não pode ser culpada pelo mau comportamento das empresas que prestam serviço para ela.
Nem pelo mal feito de alguns diretores.
A Petrobrás sairá fortalecida das investigações, conduzidas republicanamente pela Polícia Federal.
Por parte do governo federal, agiu-se corretamente: soltou-se os cães farejadores da PF para cima das empresas e indivíduos que tentavam lesar a estatal.
Se fosse uma empresa privada, os desvios da Petrobrás ocorreriam da mesma forma, mas maneira muito mais secreta e indevassável.
Por aí você entende a importância de manter as riquezas estratégicas sob estrita vigilância do poder público.
Abaixo, segue, com exclusividade, a íntegra da denúncia do Ministério Público do Paraná contra Paulo Roberto Costa e comparsas.
É uma denúncia de acusação, que precisa ser confrontada pelas respectivas defesas.
Ao menos, porém, você poderá analisar o dado bruto, completo, sem a intermediação maliciosa da Globo.
Do Tijolaço.